10 de mai de 2010

Manual de como tomar a iniciativa parte I

CARA, isso é MUITO OLD. Foi postado no Orkut em meados de 2008 numa comunidade para tímidos. Costumava dar umas dicas por lá e um amigo mandou para mim por email hoje e eu nem lembrava mais que tinha postado isso. Enfim, resolvi repostá-lo com algumas considerações atuais. Se ajudar alguém já valeu alguma coisa :P
Manual de como tomar a iniciativa parte I

I - Você já conhece a menina! (caso não, pule pro setor II - adendo: acho que esse texto nunca foi criado)
Ok, você já a conhece. Do curso, da faculdade, de colégio, de amigos em comum?? Não importa de onde ou como, o que importa é que essa é a hora MAIS IMPORTANTE. Se você demorar muito, vão ficar amigos. E até existem garotas que ficam com amigos, mas o fato é que a maioria das garotas não fazem isso quando chega num estágio de amizade mioto avançada. Por exemplo, você é amigo dela há 1 ano e ela nem sonha que você é afim dela? Esqueça. A chance dela se apaixonar por você de repente é tão mínima que chega a 0,00000001%. Se fosse pra se apaixonar, já teria acontecido. A não ser que:
a) Ela demonstre alguma coisa.Demonstrar não significa ser carinhosa. Preste atenção como ela é com você e com outros amigos dela. Se for da mesma forma, então provavelmente não é nada demais.
b) Ela estivesse namorando quando vocês se conheceram, ou você estivesse namorando.Nesse caso, é mais que normal que ela não tenha dado bola porque namorava. Ou você. Assim que ambos estiverem solteiros, perceba como é o desenrolar da história. Se achar que a coisa fica íntima, talvez role sim, mesmo a amizade sendo grande.
Acontece que, mesmo assim, você ainda gosta dela e acredita que tem chances. Ou não acredita mas não consegue parar de gostar dela. Você não pode simplesmente se conformar e sofrer pro resto da vida sem nunca ter certeza do que ela sente por você, não é justo. Quando se trata de relacionamentos quanto mais a gente procrastina pior.Precisamos resolvê-lo.

MEDO DO RIDÍCULO
“E se ela espalhar?E se ela sair contando pra todo mundo? ”. Ok, ela pode fazer isso. Mas leia novamente... quem você acha que ta fazendo papel de ridículo nessa história? No mais, não interessa o que as pessoas digam a respeito disso. Você não roubou, não matou ninguém, só se apaixonou por uma fdp. Isso acontece, e é melhor ter vergonha de gostar de uma vaca do que ter vergonha de ter sido corajoso o suficiente para dizer a uma pessoa o que sente por ela.
Ps: Respeito é fundamental, e se ela não tem por você, melhor ainda porque te poupa tempo de se envolver com alguém idiota.
MEDO DE PERDER AMIZADE
Ok. É mais que normal ter esse tipo de medo. Só que se você não consegue DE JEITO NENHUM esquecer a garota, ou você vai passar a vida toda sofrendo ou vai ter que falar com ela. A amizade só vai acabar se vocês não forem sinceros um com o outro e/ou rolar infantilidade de alguma parte. Um tempo na amizade vai ter que rolar mesmo, porque se vocês não ficarem juntos, você vai precisar de um tempo para esquecê-la e seguir em frente. Mas depois de um tempo as coisas seguem o fluxo e a amizade pode voltar ao que era antes. Ai você pergunta “E se não voltar?” Bem, se não voltar, será que essa amizade valia mesmo a pena? Quando vale, quando as pessoas se gostam independente de qualquer problema que possa vir a ter em relação a sentimento, a amizade continua. Sei disso por experiência própria e também por observação de pessoas próximas de mim. Existe e é possível sim continuar amizade não dando certo o relacionamento.
DECLARANDO O AMOR PARA SUA AMIGA: Você está prestes a dizer pra guria que você mais gosta o que sente por ela. Vamos lá:
Passo 1: O QUE VOCÊ NÃO DEVE FAZER.
a) Mandar flores /carta/ carro de som . Por mais que seja mais fácil mandar um e-mail, ou falar por MSN, o melhor é falar cara a cara. Mas ai é você quem decide, o importante é você conhecer a menina bastante antes de fazê-lo, e procurar saber se ela vai levá-lo a sério ou dar risada da tua cara ou qualquer coisa do tipo. Mas MSN e e-mail ainda é melhor que carro de som ou flores ou cartas. adendo: quando eu disse que é muito melhor eu quis dizer que é a única coisa aceitável porque carro de som e flores não são aceitáveis beijos.

b) Pressioná-la. Lembre-se que você pode gostar da guria durante anos e ela nem sonhar com isso. Ou saber e não falar nada. O que é pior, porque se ela sabe e não fala nada provavelmente é porque não rola. Mas enfim, tentar beijá-la de repente pode ser arriscado demais. Se ela não souber, vai precisar de um tempo pra assimilar e te responder. O fato é que se ela sentir o mesmo por você, ela saberá a resposta o mais rápido possível.
c) Colocá-la no pedestal.Nada de drama, de dizer que acha que não a merece, que ela é areia demais pra você, que ela é isso e aquilo outro. Se você a torna intocável, ela será sempre intocável, e ai é que você nunca terá chances mesmo. Lembre-se que ela é uma guria como qualquer outra.
PASSO 2: O QUE VOCÊ DEVE FAZER.
Chame ela pra conversar, a sós. Diga pra ela da forma que achar melhor, com suas palavras. Se precisar decorar, decore, mas no decorrer você acaba esquecendo tudo e agindo como tem de agir.
PASSO 3: A REAÇÃO.
Ela pode reagir de diferentes formas, tipo feliz, indiferente, assustada. Dê tempo necessário a ela para engolir toda a história e pensar em como responder pra você.
NO CASO DELA SENTIR O MESMO: Chega de papo e mãos à obra .
NO CASO DELA NÃO SENTIR O MESMO:
Talvez doa muito, talvez pouco, talvez doa o ego, talvez doa o fato de ter desperdiçado tanto tempo e de repente acabar numa forma ruim. Não importa, vai doer. Não é o fim do mundo, nem da amizade. Diga a ela que você compreende, que deseja toda a felicidade a ela, que vai precisar de um tempo para esquecer, mas que não vai ignorá-la, porque afinal de contas vocês são amigos. Não é o fim do mundo. Você ainda vai conhecer milhares de pessoas, ainda vai sofrer por muitas, ainda vai fazer muitos sofrerem, acredite. Tem muita gente no mundo pra você acreditar que apenas uma é a sua alma-gêmea. Dos males, o menor. Antes você vivia sofrendo em dúvida, agora VOCÊ SABE. É meio caminho para superação e encontrar outra pessoa.Ninguém é insubstituível. Ainda que tenha sido um resultado ruim pra você, não existem dúvidas: ela não quer nada com você.

Logo você tem quatro estágios para cumprir:
1º estágio - A dor : Curta sua dor. Encontre sua melhor maneira de extravasar seus sentimentos, chore o quanto for necessário. Procure ela no Last.FM e escute as mesmas músicas como se tivessem num corpo só (desculpa, isso é tão ridículo que eu to rindo sozinha). Sofra, chore, seja ridículo. Sinta a dor do jeito que ela vier.
2º estágio – A solidão: Não fique muito tempo sozinho. Além de ficarmos altamente depressivos, pensamos muitas besteiras, é mais difícil se recompor. Mas dê um tempo a si mesmo para refletir a respeito de tudo. Existe um momento em que tudo que amigos fazem é atrapalhar.
3º estágio – A volta por cima: Se apóie nas pessoas que ama. Se apóie nos amigos. Não costumo desabafar com amigos (por dificuldade minha mesmo) mas caso você tenha um amigo confiável, e precisar desabafar, não deixe de fazê-lo. Eu “uso“ meus amigos de outra forma: saindo com eles. Ainda que você saia com teus amigos, ria pra caralho, divirta-se e quando voltar em casa se trancar um quarto e chorar, não desista. Saia sempre que te convidarem, deixe ser distraído por eles, divertir, de modo que aos poucos você acabe esquecendo da dor até o momento que não lembrar mais dela.
4º estágio – Egoísmo: Não, não é pra você se trancar em casa com a sua bola de futebol e não deixar ninguém jogar. É pra pensar mais em você mesmo. Se dê o direito de se mimar um pouco. Divirta-se mais, saia mais, faça aquela viagem que você morre de vontade, tire um dia para assistir todos os filmes que você mais gosta, mate aula um dia para ficar em casa até mais tarde, compre um pote de sorvete e coma inteiro com a colher em apenas meia-hora. Claro que com responsabilidade e sem exageros, apenas uma coisa que você não tenha o hábito de fazer .
Duração dos estágios: Não existe tempo certo para cada estágio. Pode ser que você tenha algumas recaídas e a procure, pode ser que você consiga esquecê-la logo, não existe uma regra certa. O certo é que com otimismo e força de vontade (e bons amigos por perto), a medida que você vai vivendo mais experiências, os estágios tendem a demorar menos cada vez mais. Bom, escrevi correndo aqui com base um pouco nas minhas experiências, no que eu aprendi com algumas pessoas, então não tem certo nem errado, só umas teses mai-o-meno formuladas.
Espero que curtam : )

5 comentários:

Blacksheep disse...

Nossa,se eu te disser que passei por todos os estágios 2 vezes em menos de 6 meses e hoje sou um insensivel??
(Tomar chifre deve ter ajudado nisso neh)

Mas eu acho que a parte dois devia ser sobre como chegar em pessoas aleatórias,barzinhos baladas e afins :D

Guitardo disse...

Parabéns, Nina.
O texto eu já conhecia, mas , estou parabenizando pelo número de seguidores ;D

(até pq isso aqui não é o Twitter)

Rodrigo "Dijinn" Anastacio ("Gordão") disse...

Heh, eu já passei por tudo isso tantas vezes que já sei de cor e salteado todos os passos, estágios e medos.

Pode ser um texto de 2008, mas continua extremamente atual, afinal as pessoas sempre passam por isso.

Ismael Patriota disse...

kara...q coisa né....a paixão é muito raro hj em dia....

elias.alberto disse...

É legal escrever um texto desses em um determinado momento da vida em q vc acha q ja tem experiencia e mentalidade suficientes pra escrever aquilo, e depois de um ano vc relê e pensa q escreveria de maneira diferente, q deixou de citar um ponto essencial, etc.
Não to falando do seu texto especificamente; digo isso pq comecei um texto do tipo e ficou tão longo q eu pensei em publicar como pdf, daí salvei a versão beta no bloco de notas, fui tentar terminar de escrever um bom tempo depois e quando li falei "que merda é essa?". Apaguei tudo e desisti de escrever.