1 de set de 2010

Eu nunca joguei na megasena

- Eu nunca joguei na megasena

Sempre me olham estranho quando eu digo que nunca joguei na megasena. Mas como assim você não quer ser rica? Sim, eu quero. Você não quer poder realizar todos os seus sonhos? Sim, eu quero.A verdade é que a maioria das pessoas que jogam na megasena não estão psicologicamente preparadas para ganharem essa bolada. Todo mundo vai doar um pouco para mãe, um pouco para tia doente que mora em Barbacena e um pouco para aquela entidade que vai fazer uma estátua no seu nome e você vai tirar uma foto e contar para todo mundo que visitar sua casa pobre daqui a 20 anos. Sim, você vai ficar pobre. Você vai gastar tudo.

Sou do tipo de pessoa que rouba em todos os jogos. Se existe um cheat eu sou a primeira usar. No The SIMS? Rosebud nele. Kapersky etc etc. Ninguém na vizinhança tem a casa mais bonita. Os móveis? Compro todos. Satisfaço cada desejo de consumismo da minha char. Dou um filho, um marido, geladeira nova. Ela nunca está satisfeita. O filho tira nota A, o marido tá crescendo no emprego da área de tecnologia, mas o chefe dela acabou de redefini-la de cargo porque perdeu dois dias de trabalho. Isso porque a última coisa que ela quis foi um salão de festas e passou tanto tempo dançando com o Rogério Caixão que simplesmente esqueceu das horas depois. Até levantou da cama mas acabou dormindo na sala e o marido brigou com ela dois dias por causa disso. O dinheiro estava acabando então eu fiz mais um cheat. Maria , a filha, e suas treze coleguinhas agradeceram a piscina no fundo do quintal da casa. Nadaram o dia inteiro. O marido começou a crescer demais , ganhar mais dinheiro, os cheats não eram mais necessários , porém mal tinha tempo para ficar em casa. Um belo dia ele viajou a negócios e Marcela descobrui que na verdade ele passou um fim de semana num spa fora da cidade. Com outra mulher.

Mas Marcela é uma mulher diferente, ela não é o tipo de mulher que se deixa abalar, sabe? Resolveu testar aquele novo home theater que ela tinha encomendado semana passada e fez uma sessão de cinema com o marido da vizinha. Aproveitou que as filhas dos dois estavam estudando para o simulado de Física que seria semana seguinte. O clima esquentou e eles transaram ali no sofá mesmo, como dois adolescentes que não tem medo do perigo. Pois nesse dia o marido tinha cometido um grande erro e fora demitido. Chegou arrasado para contar a notícia e encontrou sua mulher nos braços de outro homem.

Quebrou aquele vaso lindo que sua esposa comprara na semana passada chamando atenção do casal que repousava no sofá. Assustada, levantou, mas não conseguiu se explicar. Rogério Caixão tentou fugir mas o marido foi atrás e eles começaram a se bater. As filhas desceram a escada e, assustadas, voltaram para o quarto e choraram. A mãe olhou a sua volta e teve um surto. Tinha uma filha que tirava A nos exames, um amante gostoso e um marido rico. Tinha TV de plasma, tinha computador de última geração, por Deus, ela tinha uma geladeira que falava! Ela tinha a maior piscina do condomínio. Um nadador profissional chegou a dizer em uma festa que aquela piscina tinha sido uma das melhores que ele já tinha experimentado. Ela dormiu com ele nesse dia.

A gritaria não parava, as crianças no quarto, o marido e o amante entrelaçados num banho sangrento, a vizinhança nada fazia porque os terrenos em volta foram comprados com o dinheiro que sobrara de seus patrimônios. Não fariam nada com o terreno, apenas queriam ter uma certeza de que seriam ricos para sempre. E eram. Não havia nada na terra do the sims que ela não fosse capaz de ter ou comprar. Mas era preciso um recomeço.

Primeiro subiu e acalmou as crianças. Fugiria dali, é verdade, mas precisava acalmá-las. Não gostava de choro nenhum. Aproveitou o baú de brinquedos de última geração e fez algumas brincadeiras com fantoches. Elas riram. Depois entrou no computador ligou o Youtube e fez elas assistirem o novo episódio de Hanna Montana, elas estavam felizes, dava para ver. Por fim, as pegou no colo com todo cuidado do mundo, e levou as meninas para piscina. - Essa água é uma deilcia né mamãe? - Sim, ela respondeu, calmamente.Não havia rádio por perto mas aquela música não saía de sua cabeça. Martelava, palpitava. Ela quase podia sentir as notas fluindo pela sua cabeça vazia. Empurrou as crianças na piscina e arrancou a escadinha. Sabia que elas precisavam de uma vida melhor e nada melhor como a morte.

Quando voltou para sala, quase não precisava terminar o serviço. Os dois homens estavam tão machucados que empurrar a estante em cima deles foi quase desperdício. Madeira maciça, comprada num brechó, 5000 reais. Chorou quando o vaso de cerâmica de sua vó partira no meio mas chorou mais ainda quando lembrou que sua avó não estava mais lá para brigar com ela por causa disso.

Só de brinks empurrou a tv de plasma em cima deles também. Deu risada, já estavam mortos. Subiu , tomou um banho, se trocou e levou um jogo de talheres que custava aproximadamente 1200 reais. Trocou por duas passagens para uma cidade que ficava a 400km e dois meses depois ela era uma estagiária bem sucedida numa empresa de cotonetes.

Nunca vou jogar na megasena.

5 comentários:

AP disse...

Algumas coisas nunca mudam. Como o fato de que estagiárias bem sucedidas em empresas de cotonete obrigatoriamente fazem ouvidos de mercador.

Ana Gabi disse...

Eu tb não jogo na mega sena!
Ia dar uma puta duma surtada, hahaha!

Aqui, qd cliquei pra fuçar tava crente que seu blog era de maquiagem, hehe! Mas vou te contar um segredo: o meu tb não é!

Beijos!

Mariel F. Moura - disse...

Quero tirar a sorte grande sem ganhar na megasena. É possível.

Gabriela Moura disse...

só to passando aqui pra te falar q eu sou uma stalker: vejo mas nunca sou vista.
explico: adoro ler seu blog e o faço com frequencia, mas nunca comentei. cá estou haha ;)

Sávio (é, aquele) disse...

Gente que texto foi esse? Ri 1000ml!