10 de set de 2009

Eu não sei me expressar..

Da série Eu não sei expressar PARTE I:

Má. (F) diz:
Amiga
Má. (F) diz:
duas coisas:
Má. (F) diz:
Primeiro
Má. (F) diz:
Eu preferia um filho patê a um filho gay
Má. (F) diz:
Q
Má. (F) diz:
perai
Má. (F) diz:
confundi tudo
Má. (F) diz:
Eu preferia um filho gostoso a um filho patê
sam lovett (fichamento; sai fora) diz:
vc quer comer seus filho?
Má. (F) diz:
Q
Má. (F) diz:
tipo eu queria dizer que EU TO VICIADA EM COMER PATÊS DE ERVAS FINAS

Da série Eu não sei expressar PARTE II:

sam lovett (fichamento; sai fora) diz:
tá, e a segunda coisa que vc queria dizer?
Má. (F) diz:
Ah, não, era só aquilo mesmo.

(...)

Da série Eu não sei me expressar PARTE III:

Porque você acorda todos os dias se perguntando o que é que você tá fazendo aqui. Curiosamente, o número de pessoas que se perguntam isso é quase o quadrúplo de oi-eu-não-sei-fazer-conta pessoas que buscam o sentido da vida (segundo Deus) . O que nos dá a entender que as pessoas estão mais interessadas em perguntar do que descobrir.

Antigamente as pessoas que buscavam sentido viraram físicos ou músicos ou emos. Hoje em dia as pessoas cansaram de ousar e passaram a criar perfis no Orkut, Facebook e Twitter, para seguir reproduzindo idéias de outros. Até então, tudo bem, tudo que é bonito é pra se mostrar. Mas tem gente que faz questão de fazer isso o tempo todo. E ás vezes dá a impressão de não ter nada para dizer.

E eu até continuaria o papo, mas esse post é uma coisa que eu achei que é de 2008 e eu não faço a mínima idéia do que eu queria dizer...

4 comentários:

Monstro do Lago Ness disse...

Eu prefiria ter um filho gay a uma filho alienado. (eu ia falar emo, mas ia ser pleonasmo e perder o sentido :\)

Eu não pergunto mais o que estou fazendo aqui, mas o que eu tenho que fazer pra fugir daqui HAHA (morrer, só assim). Enquanto não morro, sigo reclamando.

Gabriela M. disse...

oxe.. que doidera essa de flho patê e filho gay.
entendi nada meeessmo O.Õ

:)

moça, seguinte: Má B. comentou no meu blog ( melissa s. ), mas o perfild ela é fechado, então pra responder o comentário eu fui procurar no google e achei um twitter ( ma_b ). de lá, cheguei aqui.

você é a moça certa, né?

bj bj :**

Fabrette disse...

Duas coisas: primeiro, belo post, continue escrevendo assim, tudo que é bonito é pra se mostrar e eu até continuaria o papo mas eu não faço a mínima idéia do que eu queria comentar aqui.

Gustavo disse...

Existem 3 tipos de pessoas:
as que sabem o que querem falar, e as que não sabem o que querem falar