13 de nov de 2007

Piratas Japoneses

Filmes, seriados, livros, animes, jogos, o que seria dessa vez? Alguma distração, preciso de alguma distração. Ligo a tv e procuro alguma coisa, quando aparece um desenho peculiar. Piratas japoneses, que merda é essa? Mudei de canal decidida que não gostaria, porque é assim que as pessoas medíocres tomam suas decisões. Elas julgam antes de conhecer. Não por falta de conhecimento, mas porque tem medo de gostarem. Do que acontecerá em suas vidas caso um desenho de piratas japoneses seja realmente divertido.

Continuou mudando de canal e por fim desistiu, seguindo pra sua atividade prazerosa, cuidar da casa. Quando mais nova ela gostava de ler antes de dormir. Depois passou a assistir tv e agora fazia faxina até não agüentar mais. O truque era ir pra cama tão cansada que dormiria direto, sem pensar em nada.

Odiava dormir. Assim que colocava a cabeça no travesseiro, tudo que tentava esconder diariamente vinha á tona: seus medos, sua angústia, seus sonhos sufocados. O momento antes de dormir é que era seu pesadelo. Já passava das 05 da manhã e ela estava sentada na cadeira, com a luz acesa. As olheiras, permanentes, insistiam em aparecer por cima da maquiagem. Que não era Avon, não, era um tipo de máscara que todos carregam, mas ninguém vê.

Quando não mais conseguia se movimentar, ela ajeitou seu corpo na cadeira e dormiu ali mesmo. E sonhou com ela mesma, na cadeira. Só que ela estava assistindo tv, um desenho com piratas japoneses.

2 comentários:

Neto Macedo disse...

Piratas Japoneses? Existe mesmo? Hahhhaha...

O texto é sobre você mesma? Porque se for, quero saber se o negócio de ir dormir cansado funciona. Porque eu durmo muito tarde todos os dias... Hoje fui dormir 6 da manhã. Essa de limpar a casa é uma boa. Dormir cansado... Geralmente fico no PC. =)

Neto Macedo disse...

Putz. Então você deve sofrer do mesmo tipo de insônia que a minha. Estou desde ontem sem dormir. E com certeza vou passar aperto hoje à noite na faculdade. Às vezes não te dá raiva? Hoje eu não consegui dormir de jeito nenhum. A hora que o sono veio eu não pude dormir, senão iria acordar tarde e perder meu curso.

Quanto à textos autobiográficos, os meus também são. Pelo menos a maioria. Em Antônio e o Dinheiro, o Antônio sou eu, só que com exageros no texto. Mas a história foi comigo. Alguns com amigos. E o resto, como você disse. Sai da cabeça mesmo. =)